Capitão Augusto fala em um áudio sobre a reforma da previdência que possa atingir os policiais, bombeiros e militares.

No áudio o deputado fala que em reunião com o presidente da câmara Rodrigo Maia foi tratado a questão da previdência dos militares. O mesmo deixou claro que os deputados queriam sim incluir os militares na reforma da previdência. Porém, no áudio ele diz que os militares podem ficar tranquilos, pois não há a menor possibilidade de incluir os militares nesta reforma, uma vez que já está difícil para os civis, para os militares é quase impossível de serem incluídos.

Assim, o deputado pede tranquilidade uma vez que não tem chance da reforma ser votada em 2017 tão pouco em 2018 por ser ano eleitoral, mas ele deixou claro que em 2019 a proposta pode voltar a plenário e é essencial que tenhamos representantes na próxima legislatura para lutar contra essa perda de direitos dos militares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *